O COMBUSTÍVEL PARA SEU CICLISMO


O carboidrato é o combustível para seus músculos,  Assim como sabemos que 50 litros podem caber no tanque de um carro e que nos dão 700 km para viajar (se formos lentamente) ou 500 km (se dirigimos rapidamente), com carboidratos acontece exatamente o mesmo. Ao fazer uma dieta rica em carboidratos, podemos ter até 500 gramas armazenados nas pernas e no fígado. Quanto mais treinado estiver, mais quantidade você pode armazenar,Quando começamos a pedalar, começaremos a esvaziar o tanque, e, como no carro, quanto mais rápido nós vamos, mais gás gastamos.

Ao contrário do que acontece com o carro, se ele fica sem gás, ele pára, sem glicogênio, nossas pernas podem continuar a funcionar graças ao fato de eles terem um motor de combustão, que além do glicogênio também funciona com a energia da gordura e de proteínas. Mas, claro, é uma gasolina de qualidade muito baixa, que só nos permite ir para 60-70% de nossas forças.

Neste momento, também deixamos de ser carros, já que o depósito não se enche tão rápido. Primeiro, porque para ver quem é capaz de comer 600 gramas de massa (mais de uma embalagem) ao mesmo tempo. E segundo, porque no processo de digestão, provou-se que o corpo não é capaz de assimilar mais de 50-60gr por hora. Quer dizer, que não importa o quão duro o atinjamos, não vai fazer muito bem. Você deve preencher o tanque lentamente, comendo algo rico em carboidratos a cada 2 horas. Também é possível e altamente recomendado para reabastecer enquanto pedalamos. Com base em bebidas a base de carboidratos, bar, géis, frutas … podemos continuar comendo, gastamos menos glicogênio do que já armazenamos e, portanto, levará mais tempo a se cansar.

Fonte: www.ciclismoyrendimiento.com




Treinadora e ciclista profissional Cris Silva

Cris Silva

» Site » Instagram » Facebook » Youtube