4 ERROS COMUNS DO TREINO DE FORÇA


Com a prática constante do ciclismo ao longo dos anos, nosso corpo vai passando por mudanças e adaptações para nos ajudar a dar mais eficiência aos movimentos do esporte. Mas isso também pode nos trazer como consequência uma má postura ou diminuição na amplitude dos movimentos em muitas articulações.

Um treinamento de força feito de forma adequada pode evitar que isso aconteça.

Vou citar 4 erros comuns que os atletas cometem durante o treinamento de força e como evitá-los.

  • Focar apenas na imitação
  •  dos movimentos esportivos

Muitos atletas acham que para melhorar no esporte precisam focar nos movimentos padrões daquele esporte específico.

Os atletas de beisebol por exemplo, fazem em torno de 15% dos exercícios focados no próprio esportes. A maioria contraria esses movimentos para que possa trazer um equilíbrio para o corpo.

Trabalhe para equilibrar os desequilíbrios que ocorrem em nosso esporte.

Levantamento terra com kettlebell (unilateral) é um excelente exercício neste sentido.

VOCÊ QUER ATINGIR UM OUTRO NÍVEL NO SEU CICLISMO? CLIQUE AQUI PARA CONHECER NOSSOS PLANOS DE TREINAMENTO

  • Treinamento com peso
  •  apenas na off-season ou na fase de base

A força diminui muito quando não se faz um trabalho que estimule constantemente. Em menos de 2 semanas você pode sentir uma perda considerável se não fizer um trabalho específico.

Isso significa, que vc precisa ao longo de toda temporada fazer um programa de treinamento de força planejado de forma inteligente, onde você possa obter enormes benefícios ao longo da temporada.

Levantamento terra duplo com kettlebel é um exercício que você pode manter ao longo da temporada.

  • Não treina pesado

Treinar com pesos pesados parece ser algo bem legal, mas para nós ciclista acaba sendo algo inviável. Exercícios feitos até a falha ou com cargas quase máximas, nós não precisamos desse tipo de trabalho.

Algumas repetições de levantamento terra, agachamentos, supino, são excelentes exercícios quando você entende como fazer e a importância deles na sua rotina de treinamento.

  • Fazer pliometria
  •  sem uma base sólida de força

VOCÊ QUER ATINGIR UM OUTRO NÍVEL NO SEU CICLISMO? CLIQUE AQUI PARA CONHECER NOSSOS PLANOS DE TREINAMENTO

Os exercícios pliométricos tem um grau mais alto de dificuldade e quando feitos em grande quantidade sem uma preparação adequada podem machucar as articulações devido ao desgaste que causa, podendo também, reduzir o desempenho.

Para ter um melhor aproveitamento deste trabalho, aprenda a fazer o movimento corretamente e preservar suas articulações.

Um exemplo de exercício pliométrico é o salto na caixa (que vc pode começar com uma pequeno step) com apoio das mãos na cintura. Use uma plataforma mais baixa para começar e aprender a técnica, assim mais adiante poderá aumentar o grau de dificuldade.

 




Treinadora e ciclista profissional Cris Silva

Cris Silva

» Site » Instagram » Facebook » Youtube