Dicas para um descanso e recuperação melhor após o treino


É fato que o tempo que você usa para recuperação do seu corpo é tão importante quanto o tempo que vc passa treinando. Se você perder a oportunidade de se recuperar, poderá ficar com muito mais do que dores nas pernas.

      A recuperação é uma das partes mais importantes do treino e não pode ser negligenciada. Muitos atletas em busca de um aumento de performance de forma desesperada, acabam treinando, treinando e treinando, sem tempo de recuperação e começam a cair de rendimento fazendo com que treinem cada vez mais, quando na verdade, é esse excesso de treinamento sem a recuperação adequada que leva a esta situação e perda de performance.

      Não é a toa que a ciência do esporte vem se preocupando e estudando cada vez mais melhores formas de recuperação para um atleta. Não recuperar pode causar e agravar lesões. Ken Matheson, ex-treinador nacional da equipe britânica, explica que “os músculos não se comportam normalmente quando estão cansados; Não são apenas os próprios músculos, mas a fadiga do sistema nervoso central e as respostas neurais necessárias. Se você está cansado, talvez você não esteja controlando tão bem o seu joelho ou a localização do seu pé. As coisas não estão funcionando e você acaba com uma lesão por causa disso. ”

      O medalhista olímpico de prata Rob Hayles explicou que, para ele, “o sono é definitivamente a principal coisa na recuperação”. Ele admite que costuma dormir bem mais de 12 horas por noite.

      Para muitos que levam vidas ocupadas, é importante pensar menos em adaptar o treinamento ao trabalho e mais em adequar a vida à recuperação, diz Matheson. “Se você tem uma vida ocupada, eu diria que faz menos treinamentos. Quero dizer, isso é coisa antiga, mas ainda é verdade. Escreva um plano de treinamento que combine com sua vida, em vez de se encaixar no calendário. ”

      Então, como podemos acelerar o processo de recuperação?

Suco de cereja: Originalmente estudado no British Journal of Sports Medicine, em 2006, o suco de cereja foi encontrado para ter benefícios notáveis ​​em danos musculares. Tem sido demonstrado que reduz a dor muscular e reduz a perda de força ao longo de vários dias de treinamento intensivo.

Suco de beterraba: Estudos no Journal of Applied Physiology mostram que o suco de beterraba pode aumentar sua resistência e VO2max devido aos altos níveis de nitrato.

Peixe: O peixe contém óleos que podem ter um efeito notável na recuperação. Os ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 são capazes de aumentar o consumo de oxigênio dos músculos danificados e, geralmente, reduzir a fadiga.

Frutas tropicais frescas: Abacaxis, maracujás e manga são conhecidos por terem uma potência anti-inflamatória e antioxidante para reduzir os danos musculares após uma sessão.

Comprimidos vitamínicos / antioxidantes: Os comprimidos que contêm antioxidantes e vitaminas suplementares podem ajudar o processo de recuperação quando utilizados em conjunto com uma dieta saudável. Os antioxidantes podem ajudar a combater os efeitos danosos dos músculos dos radicais livres produzidos durante o exercício.

Roupas de compressão

Uma variedade de estudos e testemunhos dos melhores ciclistas sugerem que usar um par de meias de compressão depois do treino pode tornar a recuperação um pouco mais eficaz.

 

Fonte: https://www.cyclingweekly.com

 




Treinadora e ciclista profissional Cris Silva

Cris Silva

» Site » Instagram » Facebook » Youtube